Carta do Dia

carta do dia

tarot escudos dez
    Dez de Escudos inv

Por vezes surgem em si questões como: Preciso trabalhar tanto? O que eu ganho justifica o que eu me esforço? Quero alinhar no estilo de vida que está na moda, entre aqueles que me rodeiam? Será que comprar determinadas roupas, ou outros artigos de marca, justificam o alto investimento que se faz? Num relacionamento, é assim tão importante o estatuto económico que se vai alcançar? Vale a pena aquele emprego, anos e anos a fio, apenas porque ganho melhor?

Esta carta de Tarot aponta para questões que colocam em jogo a sua estabilidade e segurança financeira e para o preço que tem que pagar por isso. Estas perguntas existem dentro de si e poderiam resumir-se apenas nesta: afinal, o que é que quer mesmo da vida?

Esta carta invertida pode representar um aviso de que, às vezes, a riqueza pode ser uma armadilha. Quando se envolve num determinado estilo de vida, pode querer mais e mais, e nunca se sentir verdadeiramente satisfeito com o que tem. Os seus sentimentos de valor pessoal, autoestima, podem estar inadvertidamente envolvidos e camuflados na sua suposta riqueza pessoal. Essa necessidade de aparência externa e essa pressão interna de acumular, podem ter uma raiz espiritual. Nesse caso, está na altura de desvendar essa conexão e entender porque é que precisa de “tanta coisa” para viver uma vida feliz e gratificante.

É a altura de refletir no verdadeiro sentido da vida e de entender os caminhos que a sua existência tem levado. É altura de se libertar, de recuperar o seu senso de segurança baseado no seu próprio valor e nas opções mais genuínas da sua alma. Existem caminhos de maior equilíbrio e com mais cor à sua espera.

Questões: Que precisas de fazer para soltar a tua posição de refém e resgatar a tua liberdade?

Luz no Caminho: O fogo queima por dentro mas o caminho livre está à tua frente… Vem aprender um jogo em que derrotas o teu próprio jogo e ganhas um tesouro permanente.

Tem um dia pleno de boas energias. Sê feliz!

Esta Carta do Dia corresponde à atual fase energética, no xadrez do simbolismo do Tarot. Às vezes, pode apontar para desafios que conseguiu ultrapassar. Queremos apoiar o seu desenvolvimento pessoal. Coloque dúvidas e questões pessoais.

Escreva estes dois algarismos: 44

Saiba mais

Consulta de Tarot

 

Apometria Quântica

apometria

O QUE É A APOMETRIA?

apometria é um conceito que está presente em muitas crenças ancestrais,, dependendo dos contextos sociais e religiosos em que é tratada. No entanto, em qualquer caso, acaba por ter o mesmo objetivo: a “cura” global para além do plano físico.

Na sua essência, trata da aplicação das chamadas bioenergias na cura e harmonia do corpo físico e subtil do paciente. O nome dado a estas técnicas vem do grego:  apo, “além de” e metria , “medida”. Poderíamos, então, traduzir por “sem medida” ou “além da medida”. O objetivo principal da apometria é o de ir mais além, tratar aquilo que não é visível, através de forças que não são visíveis. Tratar separadamente o corpo físico e o corpo subtil, num processo que permita  “descoincidir” as várias camadas.

Esse processo serve para que os níveis do corpo do paciente possam ser tratados de maneira mais eficiente, correspondendo aos diferentes níveis de consciências do Ser humano. A apometria toca em planos não visíveis e permite aceder às raízes dos bloqueios que estão a comprometer a vida. Nesse processo, podem ser aflorados fragmentos de vidas passadas ou identificadas figuras energéticas que é necessário limpar com urgência. 

A técnica investiga o corpo subtil do paciente, bem como o seu habitat, ou seja, todas as formas energéticas que rodeiam o corpo subtil e que possam interferir na sua harmonia primitiva. Esta técnica pode ser aplicada a qualquer pessoa, independentemente da idade, religião, crenças ou estado de saúde física.

apometria

COMO ATUA A APOMETRIA

Tal como referimos, a apometria é uma técnica que trabalha com a energia do corpo subtil. Ao usar a apometria, o terapeuta é apenas um canal e o paciente está sempre consciente e ativo, durante o processo. A apometria envolve limpeza, cura e harmonia: identificando bloqueios, tratando-os e equilibrando. 

A identificação de bloqueios energéticos (também designados por obsessores), é levada a efeito logo no início da sessão da Apometria. O nome “obsessor” corresponde a uma forma  de energia que influencia o equilíbrio emocional, mental e físico do paciente. Em certas situações, pode tratar-se de “pensamentos-forma” de um Ser que já habita num outro plano ou pode ser algum tipo de conexão  que origina bloqueios e desequilíbrios.

No início de uma sessão, tentam-se identificar essas interferências. Nesse processo, é necessário dar atenção,  “escutar” e tratar essas “interferências”, com o propósito da libertação. No decurso dessa ação, o  paciente pode ter consciência de impulsos de limpeza que às vezes se manifestam por dores ou mal-estares em certas partes do corpo. Tudo merece atenção, tudo deve ser “escutado”, entendido e encaminhado. 

APOMETRIA QUÂNTICA

A física quântica abre uma nova perspetiva que permite atuar para além do tempo e do espaço. Na Apometria Quântica há uma inteligência superior que atua por trás, explicada pela equação, ∑ = KZ em que K é a energia cósmica, que se comporta como o mais pesado fluxo elétrico na equação de Poynting. Z é a força energética que vem do nosso próprio corpo físico. Nesse contexto, importa ressaltar que a física quântica mostra que somos principalmente energia. Portanto, a combinação das forças vibratórias de kapa e zeta resulta numa poderosa força de energia representada por ∑.

A compreensão das diferentes frequências vibratórias de energia e das diferentes cores correspondentes, abre o caminho para a libertação. Através deste processo, as causas dos bloqueios são entendidas e o processo de cura é facilitado. Depois desta abordagem inicial, surge a importância de harmonizar os chakras para manter o fluxo de energia.  – Ver Sinais de Bloqueio dos Centros Energéticos 

Como resultado deste processo, é possível alcançar um novo patamar de compreensão para bloqueios que pareciam incuráveis. E isso pode facilitar a conquista da harmonia e da integridade de vida que todos aspiramos. 

flor

Chakras bloqueados

chakras

Qual dos teus chakras está bloqueado?

chakra raiz
Chakra da Base ou Raiz

Sentimentos de insegurança. Angústia. Problemas nos intestinos.

 

chakra sacral
Chakra do Plexo Sacral

Sentimentos frequentes de tristeza. Falta de entusiasmo. Problemas sexuais. Períodos dolorosos.

 

chakra solar
Chakra do Plexo Solar

Baixa autoestima e poder pessoal. Tendências para diabetes e obesidade. Dores de estômago. Enjoos.

 

chakra coracao
Chakra do Coração

Problemas nos relacionamentos e interação com os outros. Problemas cardíacos.

 

chakra garganta
Chakra da Garganta

Dificuldade em se sentir à vontade e expressar sentimentos. Dores de garganta. Funcionamento da tiróide.

 

chakra frontal
Chakra do Terceiro Olho

Desorientação e escolhas erradas na vida. Dores de cabeça frequentes. Depressão.

 

chakra coroa
Chakra da Coroa

Não se sentir bem nem no tempo, nem no espaço que se habita. Dificuldades no sono.

energia

Saiba mais:

TEACE – Terapia para Equilíbrio e o Alinhamento dos Centros Energéticos

Funções dos Centros de Energia (Chakras)

 

Qual é a cor influente da tua aura?

aura

Desde que nascemos que somos energia e, assim como temos uma personalidade característica, também temos uma aura particular que faz parte integrante do nosso Ser. As cores da aura são como as cores do espectro do arco-íris, há quase todas as cores e tonalidades, sem esquecer que há tonalidades que se evidenciam mais em certos momentos ou em determinadas fases do nosso dia-a-dia. No entanto, cada um de nós tem uma cor-mestra, uma tendência, uma cor de base que é predominante, tal como a cor dos nossos olhos.

Qual é a cor predominante da tua aura? Tal como noutras áreas, agimos por tradição e a única certeza que nos move é a de que tem dado certo com muitas dezenas de pessoas com quem partilhámos este teste na nossa consulta de coaching. Este método baseia-se numa tradição da filosofia iogue que associa a data de nascimento a determinada área e chakra do Ser humano

O cálculo dessa cor é simples. Basta escrever a data de nascimento (por exemplo 7 de Abril de 1980 = 7-4-1980) e somar os respetivos algarismos (7+4+1+9+8+0 = 29) voltando a somar estes 2 algarismos (2+9 = 11) e voltando ainda a somar outra vez, até obtermos um único algarismo  (1+1 = 2). Neste exemplo, obtivemos o número 2, que será o teu número cósmico. Com esse número vamos à lista de cores, neste caso temos a cor laranja (chakra sacral) e lemos os traços básico associados a esse número, que estarão presentes ao longo da existência desta suposta pessoa.

centro energético

Depois de calculares o teu número cósmico, verifica na lista que se segue, a cor mais influente da tua aura e os traços de personalidade que lhe correspondem. Repara que esta listagem está escrita com um texto muito sintético. É de propósito porque os exemplos poderiam multiplicar-se e teríamos um texto gigante. Por exemplo, no perfil cósmico 2, lê-se “Serviço”, isto significa que há um propósito de vida de gostar de ajudar, de ser simpático e prestável ao ponto de às vezes se sacrificar a ele próprio… Para uma leitura mais proveitosa, para cada palavra, imagina várias situações da vida corrente, de acordo com o teu contexto de vida.

Lista de números cósmicos

# 1 – Aura de cor vermelha

Pessoas diretas e que fazem tudo com grande paixão. Concentração focada. Obtenção de metas. Ação e aventura. Independência. Originalidade. Coragem. Invenção. Líder. Autoconfiante. Ambição. Pioneiro. Vontade. Mente Consciente. Positivo.

# 2 – Aura de cor laranja

Dualidade. Sabe distinguir e separar. Polaridade. Escolha. Gestação. Cooperação. Serviço. Harmonia. Espera. Diplomacia. Paciência. Psíquico. Intuição. Adaptável. Empatia. Parceria. Mediador. Comparação. Escuta e dá apoio. Auxiliar. Coleta. Reprodução. Balanceador de Opostos. Memória Subconsciente. Positivo e Negativo. Sensibilidade aos problemas dos outros.

# 3  – Aura de cor amarela

Trindade. União do Divino e Humano. Manifestação. Positivo. Negativo e Neutro. Equilíbrio. Saúde mental. Expressão. Mente Subconsciente. Imaginação. Criativo. Otimista. Entusiasmo. Expressivo. Encantador. Humor. Diversão. Atraente. Amigável. Não se dão com pessoas apáticas.

# 4 – Aura de cor verde

Calmo e tranquilo. Prático. Ordeiro. Paciente. Lógico. Sonho e criatividade. Trabalhador. Leal. Construtor. Firme. Moderado. Responsável. Faz planos. Materialmente criativo. Poupado. Temperado. Por vezes precisa de “espaço” para organizar e desenvolver as suas ideias.

# 5 – Aura de cor azul

Aventura. Mudança. Liberdade. Exploração de caminhos. Variedade de experiências. Sensualidade. Não gosta de vínculos. Curioso. Altos e baixos. Muitos conhecimentos. Viajante real ou imaginário. Sabe contar histórias. Imaginação. Infantil. Brincalhão. Sincero e amigável. Às vezes depressão.

# 6 – Aura de cor azul índigo

Harmonia. Beleza. Carinho. Amor. Casamento. Família. Responsabilidade. Compreensão. Simpatia. Facilidade em convencer os outros. Cura. Empatia. Visionário. Perfeccionista. Ordem. Dever. Conforto. Serviço.

# 7 – Aura de cor violeta clara

Filósofo. Sábio. Reservado. Inventor. Firme. Contemplativo. Indiferente. Profundo pensador. Introspetivo. Espiritual. Fé. Esotérico. Exótico. Fora do comum. Oculto. Procura a sua perfeição. Contradições. Vive noutro “mundo”. Enigmas.

# 8 – Aura de cor branca

Equilíbrio entre o material e o espiritual. Fé. Conquista. Abundância. Operacional. Força. Autodisciplina. Poder. Sucesso. Autoridade. Sabe captar o potencial dos outros. Empreendedor. Intensidade. Supervisor. Fornecedor. Grandeza. Capacidade para a ação.

# 9 – Aura de cor branca translúcida

Humanitário. Compassivo. Romântico. Altruísta. Generoso. Filantrópico. Amoroso. Sábio. Idealista. Mestre espiritual. Artista. Curador espiritual. Não liga às leis deste mundo e vive de acordo com a sua consciência. Tem a sabedoria necessária para ter um pé neste mundo e outro pé numa outra dimensão.

chakras

Se este texto te suscitou dúvidas ou comentários, contacta através do formulário junto. Responderemos logo que possível.

Elevar a energia pessoal

Tudo no universo é feito de energia. O que diferencia as forma de energia é a velocidade com que elas vibram. Por exemplo, a luz vibra numa frequência muito alta, e algo como uma rocha vibra numa frequência muito mais baixa, no entanto, cada parte do universo, cada Ser vibra. Os seres humanos também vibram em frequências diferentes. Os nossos pensamentos e sentimentos podem determinar a frequência com que vibramos, e a nossa vibração vai para o mundo e atrai a energia que se move numa frequência semelhante. Essa é uma das maneiras pelas quais criamos a nossa própria realidade, e é por isso que podemos causar uma mudança positiva nas nossas vidas, elevando a nossa vibração.

Todos nós conhecemos alguém que consideramos vibrante. Vibrante significa literalmente “vibrar muito rapidamente”. As pessoas que nos parecem vibrantes estão a vibrar em alta frequência e podem-nos inspirar enquanto trabalhamos para elevar a nossa vibração. Por outro lado, todos conhecemos pessoas que são muito negativas ou cínicas. Essas pessoas estão vibrando numa frequência mais baixa. Elas também podem ser uma inspiração porque podem-nos mostrar o lugar e a vibração que não queremos para nós.

Há muitas maneiras de elevar a sua vibração, desde trabalhar com afirmações até visualizar entidades iluminadas durante a meditação, passear na natureza ou contactar, pessoalmente ou à distância, alguém que nos contagia positivamente. Todos nós temos momentos em que sentimos uma frequência energética muito baixa e em que o encontro casual com um amigo, ou até com um atendedor numa loja, nos comunica uma lufada de energia fresca que nos “salva” o dia. Uma outra maneira prática de elevar a vibração é escolher conscientemente onde focar a atenção. Para sentir como isso é poderoso, durante cinco minutos, pense e descreva uma experiência que o deixou particularmente feliz – uma pessoa, um filme, um passeio, uma revelação inspiradora. No final vai sentir-se mais positivo e mais leve. Pode fazer esta experiência todos os dias e, com o tempo, irá experimentar mudanças permanentes na sua vitalidade e energia.

separador

Leia também

Sinais de bloqueio dos centros energéticos (chakras)

Terapia de Equilíbrio e Alinhamento dos Centros Energéticos

Lua escura – lua de transformações!

lua escura

carta do dia

Lua de transformações

Os últimos 3 dias de um ciclo lunar são um tempo muito especial para fechar ciclos de vida e abrir horizontes para algo novo e diferente. Nesse período mágico, o Universo favorece mudanças, é tempo para deixar ir e limpar uma área da vida que precise de ser mudada.

Nos tempos antigos, a lua era reverenciada como uma deusa, e cada uma de suas fases lunares (nessa altura eram apenas consideradas 3: lua nova, lua cheia e lua escura) correspondia às três fases da vida de uma mulher: jovem, mãe e idosa. A lua tem sido associada há muito tempo ao poder feminino, mas não precisas ser mulher para te conectares ao poder da lua. A chamada lua escura, que está associada à fase mais madura da vida (associada à sabedoria), aparece no céu durante os últimos três dias de cada ciclo lunar. Essa fase não pode ser vista pelos humanos. Astrologicamente, é uma fase oculta em que a lua fica escura porque não recebe nenhuma luz do sol. Esse momento de escuridão mantém-se até que um ciclo de novo dia comece e uma nova lua esteja prestes a dar os primeiros sinais de vida. Muitas vezes referida como a “lua morta”, numa alusão à carta de Tarot “A Morte”, a lua escura não representa a morte. É, antes, um tempo para finais de muita aprendizagem, às vezes algum sofrimento e um prelúdio para novos limiares.

Quando a lua escura aparece, as energias do Universo são nossas cúmplices, torna-se mais fácil para nós lançarmos fora uma bagagem emocional desnecessária e libertarmo-nos de pessoas e ideias que não servem mais para a nossa progressão, nem acrescentam valor à nossa vida. É a hora de purificar e criar espaço para que o que é novo possa entrar.

Para muitas pessoas, a lua escura é um tempo para descansar, refletir e reabastecer energias. Sabe-se que sonhos poderosos e de cura acontecem durante a fase da lua escura, e podes vir a descobrir que é durante a lua escura que vais ter um chamado para meditar, entender aquilo que não conseguias ou não querias entender. É uma fase aconselhada para explorar as tuas habilidades intuitivas, recuperares lembranças de vidas passadas ou mergulhar mais profundamente na tua mente.

Uma forma de aproveitar a energia da lua escura é realizar um ritual de desapego e renovação. Esta sugestão usa 3 flores de que gostes – usa a tua intuição. Coloca alguma água numa taça e um cristal, labradorite, no fundo da taça. Durante 10 minutos desfolha as flores e coloca as pétalas sobre a água, enquanto invocas e visualizas partes da tua vida que entendas ser justo abandonar. Através da visualização, sente que, em cada pétala que colocas na água, submerges e purificas partes da tua vida que devem ser renovadas. Permanece em silêncio algum tempo, sentindo a força da lua e da natureza. Retira o cristal da água e guarda-o no quarto onde dormes, como atributo de liberdade e mudança. Despeja na terra o resto da água e das flores.

Agora, estás mais pronto e aberto para receber o novo na tua vida! Vamos lá usar os últimos 3 dias deste ciclo lunar!

poder feminino

Amo, gosto ou estou apaixonado?

O amor é um sentimento inefável com uma dimensão que ultrapassa largamente aquilo que é visível ou tátil nas relações do dia-a-dia. No entanto, a utilização da palavra “amar”, num relacionamento, é muitas vezes abusiva porque as palavras não são acompanhadas de comportamentos que correspondam aos afetos que se exprimem no discurso. Muitas vezes, o que resta para além das palavras é apenas um vazio de contornos vagos. Ora, a ser assim há uma contradição porque se existe algo que não é “vazio” é o amor.

Muitas vezes, a mistura de cores, as confusões e os mal-entendidos associados à palavra “amar” não refletem mais do que estados interiores de ambiguidade em que a pessoa não se assume e onde as palavras são usadas como forma de manipular e escapar a uma definição e clarificação que, em certos relacionamentos, seria muito saudável.

Este relato (verídico) é um bom exemplo: É assim que eu me sinto… Perdida dentro de mim. Um vendaval de confusão invadiu os meus sentimentos. De noite o coração obriga-me a te querer. E quando acordo, ele já não pensa mais em ti. E eu fico desesperada. Sem saber o que fazer. O que será que estou a sentir? Na verdade, eu não sinto nada. Existe um vazio enorme dentro de mim que me impede de amar. Desde a última batida ele está assim. Intocável. Incapaz de amar. Fraco, com medo. Medo de fazer alguém sofrer por ter tomado a decisão errada. Medo de dizer SIM e depois querer um NÃO. Tente entender-me. Eu não tenho culpa de não amar. Eu só preciso de um tempo para me habituar com esta maneira que o meu coração escolheu para viver.

O artigo que se segue é muito interessante porque, com palavras simples e diretas, a autora separa aquilo que é muito importante distinguir, quando se trata de entender o nível de um relacionamento.

Gostar é muito relativo

Gostar de alguém é sentir um frio na barriga, mas manter os pés no chão. Gostar é querer estar junto, mas sem descartar outras oportunidades. Gostar é beijar, mas de vez em quando, abrir os olhos discretamente para conferir o ambiente. Gostar é abraçar forte, mas não por muito tempo. Gostar é se dedicar, mas com limites impostos. Gostar é querer ter, mas não ser seu. Gostar é querer dormir junto, mas acordar cedo no dia seguinte para outros compromissos.

Gostar é sair, mas voltar para o trabalho pontualmente. Gostar é admirar as qualidades, mas ainda reparar nos poucos ou pequenos defeitos. Gostar é andar de mãos dadas, mas não sentir segurança. Gostar é dividir o chocolate preferido, mas ainda assim, ficar com a maior parte.

Gostar é passar o domingo juntos, mas fazer planos mirabolantes na segunda-feira. Gostar é tirar do sério, mas com finalidade de testar o ponto fraco do outro. Gostar é frequentar a sua casa, mas com o status de estarem se conhecendo. Gostar é fazer planos, mas não ultrapassar mais de três dias. Gostar é viajar, mas sentir saudade do que ainda não acabou.

Gostar de alguém é como ter o jogo ganho, mas faltar uma carta. O verbo gostar traz consigo muitas incertezas e, ao mesmo tempo, muitas descobertas. Gostar de alguém é um risco do desconhecido.

Ao se apaixonar, você enlouquece.

Depois de conhecer um pouco esse alguém, as atitudes e as vontades acabam ficando completamente incontroláveis. A paixão é um sentimento que descontrola qualquer racionalidade. As emoções explícitas são a principal marca dessa sensação.

Se apaixonar por alguém é sinônimo de entrega absoluta. Os erros se tornam acertos, o longe se torna perto, o tarde se torna cedo, a noite se torna dia, a pobreza se torna riqueza, o frio se torna calor, o ruim se torna bom, a fome se torna saudade, o sono se torna pensamentos.

Se apaixonar por alguém é se perder, ou se encontrar por alguém.

Se apaixonar é sentir o sangue correr nas veias e sentir arrepios com simples toques. Se apaixonar é descobrir qualquer tipo de alegria na dor, é expressar através do olhar o que as palavras não são capazes de traduzir. Se apaixonar é perder prazos, horários e tarefas importantes. Se apaixonar é se doar, é correr contra o tempo, é se permitir e sem restrições, deixar transparecer o melhor que você possa ser.

Se apaixonar é tirar a roupa sem pensar duas vezes. Se apaixonar é curtir todos os momentos, e em cada brecha, encontrar uma chance para satisfazer os desejos. Se apaixonar é agir por impulso e depois arcar com as consequências, boas ou ruins. Se apaixonar é sentir um tesão incontrolável, é deixar a vontade carnal sobressair ao seu juízo. Se apaixonar é suar, tremer, gritar, gemer, arranhar, morder.

Se apaixonar é ficar cego. E só depois de incendiar todas as labaredas, tentar se acalmar e fazer de tudo para manter todas as chamas acesas.

Amar alguém é ter todas as certezas de uma só vez.

Amar alguém é viver o presente, absorver o melhor do passado e planejar o futuro. Amar alguém é transformar os sonhos em realidade. Amar alguém é cuidar, zelar e proteger. Amar alguém é não ter dúvidas. Amar alguém é transformar uma briga em um ensinamento. Amar alguém é criar laços, ter filhos, envelhecer lado a lado. Amar alguém é resistir a todas as tentações, desavenças, crises, ciúmes, egoísmo. Amar alguém é surpreender, é presentear. Amar alguém é deixar claro o quanto essa pessoa é essencial, é dizer o quanto tudo mudou desde que ela se fez notável, é não ter vergonha de demonstrar qualquer afeto.

Amar alguém é se libertar, compartilhar e somar. Amar alguém é oferecermos toda a nossa bagagem de experiências, para conhecer e compreender o outro. Amar alguém é fazer essa pessoa feliz, proporcionar noites de sono tranquilas, é suprir todas as necessidades. Amar alguém é estender as mãos, apoiar, contrariar, mas nunca abandonar.

Amar alguém é trabalhar a paciência. É ressaltar a persistência e provar toda a sua determinação. Amar alguém não é um sacrifício, é sentir-se leve. Amar alguém não é se prender, é ter muitas opções e ainda assim, escolher ficar.

Amar alguém é abrir mão do seu amor. Amar alguém, às vezes, pode ser a sua pior dor. Amar alguém é uma ferida que nunca vai cicatrizar ou deixar de existir. Amar alguém é carregar consigo a pessoa, por onde quer que você esteja. Amar alguém é, em alguns casos, uma renúncia. Amar alguém é querer esquecer, e não conseguir. Amar alguém é decisão do seu coração, e não uma opção indicada pelo seu dedo. Amar alguém não é responsabilidade do cupido, é a sentença que precisa ser cumprida. Amar alguém é confiar, transmitir segurança e não medir esforços.

Amar alguém é deixar a pessoa partir, e ainda assim, fazer de tudo para ela voltar. Amar alguém é sofrer calado ao ver que esse amor, não é mais seu. Amar alguém é ser repetitivo, tanto nas lágrimas que insistem em escorrer, quanto nos assuntos recorrentes. Amar alguém é perdoar e ceder.

Amar é precisar desistir, é perder todas as forças, mas continuar insistindo.

Em todos os casos mencionados acima, eu não prometo um final feliz. Afinal, os sentimentos são como o mar: seduzem e depois podem afogar. De qualquer forma, a regra é clara: o que me oferecerem, eu ofereço três vezes mais.

Por garantia de qualidade, a satisfação comprovada vai te fazer voltar mais vezes.

E você vai casar comigo, sem mais.

(https://jepellegrini.com.br/todos-os-posts/gostar-apaixonar-amar)

Testes de Personalidade

carta do dia

Qual é o seu propósito de vida?

Que impulsos é que estão presentes na dinâmica da sua vida? Quais são as grandes metas que quer atingir? Qual o propósito da sua vida?

Este teste explora sinais e faz uma conexão com arquétipos do Tarot que pode trazer alguma luz nesta área. Clique aqui para começar o teste.

separador

Descubra a sua personalidade. Tipo A ou Tipo B?

Descubra o seu tipo básico de personalidade e melhore o seu estilo e qualidade de vida. Este é um teste simples que pode apontar fatores importantes na forma como reage aos desafios internos e externos do seu dia-a-dia e nas consequências que essa forma de estar pode desencadear no seu equilíbrio pessoal.

Clique aqui para começar o teste.

separador

Teste da paisagem: descubra características do seu perfil emocional

teste emoções

As emoções são uma das forças que condicionam as nossas vidas. Pensamentos, comportamentos e até mesmo os nossos futuros são influenciados pela forma como lidamos com as emoções. 

É teste é muito simples, basta observar as paisagens inseridas na imagem acima, escolher aquela de que mais gosta e depois  verificar aqui o seu resultado!

separador

Meditar com o som da sua vibração nativa

meditar

Nesta meditação, pretende-se alcançar a sintonia do Ser com a vibração infinita do Universo. Pausar o curso consciente dos pensamentos, criar silêncio. O silêncio cura. O silêncio cria. O silêncio é necessário para permitir aceder a mensagens inefáveis que estão para além do plano consciente, que não se traduzem em palavras, nem em pensamentos, nem em lógicas racionais. Meditar desperta a consciência do Além.

Como fazer?

Procure um local tranquilo. Pode meditar em qualquer lugar, mas é melhor um sítio sossegado. Se estiver em casa, tente fechar a porta da divisão onde se encontra; se não conseguir um espaço próprio, faça uma caminhada ou descanse durante uns minutos, num local calmo.

Fique confortável. O conforto é muito importante durante a meditação. Não existe uma posição correta; basta que se sinta relaxado. Não precisa de ficar sentado de pernas cruzadas. Pode estar sentado numa cadeira ou no chão ou deitado. Também pode andar lentamente. Em qualquer situação, esteja confortável.

Feche os olhos, se for possível. Se tiver os olhos abertos, concentre o olhar num ponto  à sua frente.

Relaxe progressivamente o corpo. Mantenha a boca descontraída, lábios ligeiramente abertos. Respire de uma forma natural e calma. Evite fazer meditação com o estômago cheio. Respire de uma forma natural e calma. Deixe a respiração estabilizar o seu corpo e intensificar o seu estado de quietude e relaxamento.

Pronuncie mentalmente a sua “vibração pessoal nativa” para conseguir uma meditação mais profunda. A “vibração nativa” é um som que resulta da combinação de variáveis como a hora, data e local de nascimento. Na sua falta pode utilizar o som “om” que contém uma vibração universal, compatível com a maior parte dos Seres. Também nos poderá contactar para que seja feito um pequeno estudo relativo ao som mais aconselhável, tendo em conta os seus dados pessoais.

Não seja apressado na forma como “entoa” mentalmente este som ou mantra. Sinta a vibração desse som, sinta o eco que provoca dentro de si até se dissolver lentamente no infinito. Faça um instante de silêncio e, depois, repita.

Não se preocupe com os pensamentos parasitas que naturalmente vão surgindo. Mantenha o seu propósito, continue sempre a pronunciar mentalmente o som do mantra.

O que pode acontecer enquanto medita

Dependendo do tempo de meditação, por vezes, o corpo “desaparece”, a mente “dissolve-se” e a consciência abre-se, expande-se e unifica-se com a consciência divina. É frequente ter uma perceção de unidade com o universo e transcender o tempo e o espaço. É como se fosse uma gota de água que se mistura com o oceano, onde o ego desaparece e se incorpora com o transcendente.

Quando meditar?

O tempo de meditação depende do tempo que tiver disponível e que se sinta confortável, entre 7 e 20 minutos. Muitas pessoas conseguem, facilmente, um pequeno espaço diário para uma meditação breve, de manhã ou no final do dia, antes de jantar. Há pessoas que o fazem 2 vezes por dia. A regularidade da meditação diária conduz a evidentes benefícios já descritos e demonstrados em muitos estudos: redução do stress crónico, diminuição da frequência cardíaca e da tensão arterial, melhoria do sistema imunitário e outros benefícios ao nível do sistema cardíaco e gastrointestinal. Em termos psicológicos, uma diminuição dos pensamentos obsessivos, melhoria do sono e uma mudança positiva no significado e na qualidade de vida.

Meditar em grupo

Meditar em grupo cria um potente fluxo coletivo de energia e é o melhor caminho para elevar a sua vibração interior, purificar os seus pensamentos e atrair tudo o que há de mais positivo para a sua vida. Saiba mais sobre a nossa meditação livre semanal. Contacte, preencha o formulário junto.

A energia que te abraça

Praia

Há alguns anos, numa sessão de meditação transcendental, dei por mim a integrar o espírito de uma rocha grande, batida pelas ondas do mar. Foi uma sensação única de unidade energética, de mim próprio, do Universo, de tudo… Uma sensação sem limites no tempo, a tocar a eternidade da energia pura.

Toda a matéria é composta de energia e essa energia está em movimento permanente. Tudo no universo, desde as menores moléculas até os mais complexos seres vivos, tem um ritmo de vibração óptimo para o manter saudável. Alcançamos esse nível altamente vibracional quando estamos íntegros, saudáveis ​​e a satisfazer o nosso potencial. Os seres humanos são capazes de controlar conscientemente essas vibrações dentro de si, usando uma variedade de técnicas. Temos consciência quando alcançamos um estado de alta vibração porque, nesse momento, sentimo-nos bem, sentimos paz e harmonia.

Pensamentos, emoções, intenções, escolhas e ações contribuem para o nosso estado vibracional, assim como os ambientes em que vivemos. Atividades afirmativas que nos deixam felizes, agradecidos, amorosos e pacíficos elevam a nossa vibração. Um pensamento construtivo, criativo e expansivo tem o mesmo efeito. Quando cultivamos hábitos que contribuem para a nossa saúde física, a nossa força e vibração também aumentam. Certas meditações, exercícios de respiração e alguns cantos estão projetados para aumentar a vibração. Mas existem outras coisas simples. Por exemplo, conviver com pessoas que espalham o bem, que nos valorizam, comer comidas integrais, passar tempo na natureza e, particularmente, praticar gratidão e perdão, podem fazer toda a diferença.

Quando o desejo de mudança for suficientemente forte, acredite que a sua vida se vai aproximar de tudo aquilo que ajuda a alcançar um estado de alta vibração. Essa vibração é fundamental para conseguir uma perspetiva positiva que irá dar força e luz aos caminhos que conduzem à transformação, ainda que eles às vezes se revelem sinuosos. À medida que se evolui, a frequência vibracional também evoluirá, ajudando na criação de uma realidade Maior. Consciente e inconscientemente, as circunstâncias mais promissoras e as pessoas que estão do nosso lado, aquelas que nos fazem bem, serão atraídas para nos ajudar a explorar os desígnios do Eu superior, abrindo caminhos para planos que estão para além desta Terra, onde agora habitamos.

Leia mais

Sinais de bloqueio dos centros energéticos (chakras)

Faça uma avaliação energética das áreas do seu corpo e da sua consciência – Consulta presencial gratuita sujeita a marcação (preencha o formulário desta página).