Lua escura – ritual de transformação

Os últimos 3 dias de um ciclo lunar são um tempo muito especial para fechar ciclos de vida e abrir horizontes para algo novo e diferente. Nesse período mágico, o Universo favorece mudanças, é tempo para deixar ir e limpar uma área da vida que precise de ser mudada.

Nos tempos antigos, a lua era reverenciada como uma deusa, e cada uma de suas fases lunares (nessa altura eram apenas consideradas 3: lua nova, lua cheia e lua escura) correspondia às três fases da vida de uma mulher: jovem, mãe e idosa.

A lua tem sido associada, há muito tempo, ao poder feminino, mas não precisa ser mulher para se conectar ao poder da lua. A chamada lua escura, que está associada à fase mais madura da vida (associada à sabedoria), aparece no céu durante os últimos três dias de cada ciclo lunar. Essa fase não pode ser vista pelos humanos. Em termos astrológicos, é uma fase oculta em que a lua fica escura porque não recebe nenhuma luz do Sol. Esse momento de escuridão mantém-se até que um ciclo de novo dia comece e uma nova lua esteja prestes a dar os primeiros sinais de vida. Muitas vezes referida como a “lua morta”, numa alusão à carta de Tarot “A Morte”, a lua escura não representa a morte. É, antes, um tempo para finais de muita aprendizagem, às vezes algum sofrimento e um prelúdio para novos limiares e projetos.

Quando a lua escura aparece, as energias do Universo são nossas cúmplices, torna-se mais fácil  lançar fora uma bagagem emocional desnecessária e desencadear a libertação de pessoas e lugares que não servem mais para a nossa progressão, nem acrescentam valor à nossa vida. É a hora de purificar e criar espaço, para que o novo possa entrar.

Para muitas pessoas, a lua escura é um tempo para descansar, refletir e reabastecer energias. Sabe-se que sonhos poderosos acontecem durante a fase da lua escura, e pode vir a descobrir que é, durante a lua escura, que vai ter um chamado para meditar, receber e entender uma mensagem que há muito andava a bater à porta da sua consciência. É uma fase aconselhada para explorar as suas habilidades intuitivas, recuperar lembranças de vidas passadas ou mergulhar mais profundamente na sua mente.

Uma forma de aproveitar a energia da lua escura é realizar um ritual de desapego e renovação. Esta sugestão usa 3 flores de que goste – use a sua intuição. Numa taça,   coloque um cristal, por exemplo, labradorite ou quartzo transparente, e por cima, alguma água. Durante alguns minutos, vá soltando as pétalas das 3 flores e coloque-as sobre a água, enquanto invoca o seu companheiro espiritual, o seu Anjo da Guarda. Visualize, em si, aquilo que, neste momento, precisa de ser mudado. Através dessa projeção, sinta que, em cada pétala que coloca na água, submerge e purifica uma parte da sua vida, que deve ser renovada. Permaneça em silêncio algum tempo, sentindo a força da lua e da natureza. Retire o cristal da água e guarde-o no quarto onde dorme, como atributo de liberdade e mudança. Despeje, na terra, o resto da água e das flores.

Sinta-se mais pronto e aberto para receber o novo na sua vida!  Acredite que o Universo vai ser seu cúmplice!

Pode visualizar a sequência deste ritual neste vídeo:

Temas relacionados

Tarot, o poder de saber mais

Explorar karmas e vivências do passado